quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Procura-se um Marido - Carina Rissi

Bom dia!

Estou na maior empolgação escrevendo as resenhas novamente, agora só falta começar a visitar os blog amigos e ver o que está rolando por aí! Segunda vez que leio um livro em que a personagem principal é órfã! História distintas, porém muito especiais.

O livro da vez é Procura-se um Marido da Carina Rissi, li no maior acaso, e não me arrependi, o livro tem história e um enredo que faz você mergulhar de cabeça nos personagens.

Título: Procura-se um Marido
Autor: Carina Rissi
Gênero: Romance/Literatura nacional
Páginas: 476
Editora: Verus Editora
Sinopse: Alicia sabe curtir a vida. Já viajou o mundo, é inconsequente, adora uma balada e é louca pelo avô, um rico empresário, dono de um patrimônio incalculável e sua única família. Após a morte do avô, ela vê sua vida ruir com a abertura do testamento. Vô Narciso a excluiu da herança, alegando que a neta não tem maturidade suficiente para assumir seu império – a não ser, é claro, que esteja devidamente casada. Alicia se recusa a casar, está muito bem solteira e assim pretende permanecer. Então, decide burlar o testamento com um plano maluco e audacioso, colocando um anúncio no jornal em busca de um marido de aluguel. Diversos candidatos respondem ao anúncio, mas apenas um deles será capaz de fazer o coração de Alicia bater mais rápido, transformando sua vida de maneiras que ela jamais imaginou. Cheio de humor, aventura, paixão e emoções intensas, Procura-se um marido vai fisgar você até a última linha.
Alicia tem 24 anos e vive no auge da sua vida de solteira: viagens, baladas, nenhum compromisso sério. Trabalho? Só por diversão! Para tentar impressionar o avô, que sabe que sua neta é meio desajuizada. Órfã desde os 05 anos, foi criada pelo Vô Narciso, um avô gentil e preocupado.  

Quando perde seu avô, Alicia fica desolada, ao saber o que o testamento revelava sobre o seu futuro. Com muita raiva e incompreensão, ela se vê de uma hora para outra de Princesa a Gata Borralheira, o que não a agrada em nenhum momento. Em umas das cláusulas desses Testamento, Alicia terá que se casar para herdar todo o seu dinheiro, uma medida que seu avô toma, afim de garantir que sua neta tenha um pouco de juízo. Numa medida desesperada, para tentar bular o testamento, Alicia coloca um anúncio no jornal e começar a procurar um marido de aluguel. Com a ajuda da sua melhor amiga Mari, ela enfrenta diversas entrevistas, com uns tipo bem esquisitos. O que a faz desanimar um pouco.

Aqui eu fiz um resumo do resumo com a ajuda da sinopse, que por sinal achei muito esclarecedora e até não gostei de tantos detalhes em tão poucas linhas, porém ao começar a leitura percebi que muitos detalhes, que a essência da história, está muito mais além da sinopse. Porque convenhamos, nunca vi uma sinopse tão começo, meio e fim como essa! (risos)

Enfim, Alicia é uma mulher esperta e decidida, sabe o que quer! É doce, e não é ingênua, porém não há maldade em seu coração. O que me encantou nesse livro, se essa for a palavra certa, é a forma com que a autora nos traz, a transformação da personagem, o amor, as conquistas! De ir atrás do que realmente se quer. E é isso que a Alicia nos traz determinação mesmo que de uma forma até meio errada, mas com a vida ensinando do jeito certo, sofrendo com a tal verdade, que seja sempre dita, ela entende e aprende o verdadeiro valor da vida e do próprio dinheiro!

Achei que o livro teve muitos diálogos, muitos. Ás vezes até meio desnecessários, se a história tivesse mais parte narradas e não dialogadas com certeza seria perfeito, pois foi um livro que mexeu demais com a minha imaginação. Me fez rir e até me emocionar. Apesar de ter perdido sua família tão cedo, Alicia não deixou que isso te derrubasse, sempre seguindo em frente!

Um pouco sobre a autora:

Carina Rissi é uma leitora voraz, sempre lê a última página de um livro antes de comprá-lo e tem um fascínio inexplicável pelo tema “amores impossíveis”. Vê nas obras de Jane Austen uma fonte de inspiração.

Quando se desgruda dos livros – tanto dos que lê quanto dos que escreve –, Carina se diverte assistindo a comédias românticas ao lado da família e planejando viagens a lugares exóticos que não conhecerá tão cedo, devido ao seu pavor de avião. 
Ela nasceu em Ariranha, interior de São Paulo, onde mora atualmente com o marido e a filha, após ter vivido uma curta temporada na capital paulista.
Seu primeiro livro, Perdida: um amor que ultrapassa as barreiras do tempo, foi traduzido e publicado na Alemanha, onde entrou para as listas de mais vendidos.
Procura-se um marido é seu segundo livro.

E ai o que acharam? Já leram? Não deixem de comentar!

2 comentários:

  1. Oi Irínia, sou louca para conhecer o trabalho da autora. Falam tão bem dela.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  2. Oláa Irínia, estou doooida pra ler esse livro, adorei tua resenha :DD
    beeijos

    http://keetring.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Gostou do post?
Curta , comente e compartilhe!
Deixe seu link e eu retribuo!

Beijos e até a próxima!

Irinia Zachello