quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Meu pai fala cada M*rda - Justin Halpern

Bom dia!

Esses dias achei um livro em pdf na internet, e me interessei somente pelo título, Meu fala cada M*rda do autor Justin Halpern. A primeira vista achei que seria um livro infanto juvenil, mas me surpreendi ao seguir a leitura. 

Título: Meu pai fala cada m*rda (Um livro hilário e verdadeiro da relação de pai e filho
Autor: Justin Halpern
Gênero: Literatura Estrangeira
Páginas: 144
Editora: Sextante
Sinopse: Aos 28 anos, depois de ser dispensado pela namorada, Justin Halpern volta a morar com o pai, Sam Halpern, de 73 anos. Na infância, Justin morria de medo dele, tão mal-humorado, direto e desbocado que beirava a grossura. Agora, já adulto, ele passa a admirar a mistura de franqueza e insanidade que caracteriza os comentários e a personalidade do pai, que considera 'sábio como Sócrates e até mesmo profético'. Disposto a registrar a sabedoria contida nas tiradas de Sam, Justin cria uma página no Twitter para reunir suas frases malucas e observações ridículas. A obra traça um retrato da relação pai e filho e aborda temas da vida - medo, amigos, estudo, namoro, esporte, família.
A história de Justin, seria muito simples senão fosse o diferencial que é o seu pai. Após voltar para casa em seus 28 anos, Justin, entra em uma rotina mais que conhecida do que é viver com seu pai, Sam. Que hoje aos 73 anos de idade, não deixa passar nada despercebido.

A ideia inicial do autor, como conta no próprio enredo do livro, não era de maneira alguma publicar esse livro. Ele simplesmente em casa, em até um modo de desabafar o que passava, em seu desânimo, começou a postar as frases mais doidas que ouvia do seu pai. Quando se deparou, em seu twitter já tinha chego a mais de 100 milhões de curtidas. Com pedido de entrevistas e futuras publicações em livro dessas frases. O que deixou Justin de certa forma com muito receio ao ter que informar o tamanha da repercussão.

O livro tem apenas 144 páginas, de um humor irônico e nos traz de forma engraçadas e como o título, realmente hilárias, de uma relação de pai e filho.

S o b r e o p r i m e i r o d i a n o j a r d i m d e i n f â n c i a

“Você achou difícil? Se o jardim de infância foi difícil para você, tenho más
notícias sobre o resto da sua vida.”
Pág. 16

Em muitas recomendações e chamadas de atenção, até mesmo uma demostração de afeto entre os dois, eu me vi no lugar desse senhor. Eu como mãe, já que na maioria das vezes assumo esse papel paternal, e tenho esse meu "jeitão" de lidar com as coisas. Conto com o bom senso filial, para que entendam, que no final os amo de verdade, e que só quero o bem deles. Que é o que o pai do Justin em sua forma irônica, um tanto rude ás vezes, passa para seu filho.

S o b r e m i n h a f e s t a d e a n i v e r s á r i o d e 7 a n o s

“Não, você não pode ter uma casinha pula-pula na sua festa de aniversário. Como
assim, ‘por quê’? Você já pensou onde eu ia enfiar uma casinha pula-pula no
quintal? Pois é, esse é o tipo de coisa em que eu penso e que você simplesmente
acha que aparece num passe de mágica.”
Pág. 16

E o livro é basicamente composto do maior número de frases que ele e sua família junto com o pai, conseguiram reunir e nos trazer de forma divertida e séria, uma forma de até entendermos mais o nosso pai, ou até mesmo nosso próprio filho, afinal é um filho que escreve esse livro, então podemos levar em consideração boa parte dos "ensinamentos". 

S o b r e s e m e t e r e m e n c r e n c a s n a e s c o l a

“Por que diabos você jogou uma bola na cara de alguém?… Bem, esse é um
motivo bastante razoável. Não posso fazer nada para aplacar a irritação do seu
professor, mas eu e você estamos entendidos.”
Pág. 20


Eu amei esse livro, achei muito engraçado, diversas vezes me identifiquei com o personagem e até mesmo me emocionei ao constatar que no final o amor é o maior motivo de tudo. E que não há nada que prove ao contrário.

S o b r e a r e un i ã o d e p a i s e p r o f e s s o r e s n o 6º a n o
d o e n s i n o f un d a m e n t a l

“Acho que aquela professora não gosta de você, por isso não vou com a cara dela.
Você fala muita merda, mas é um bom garoto. Quero que ela se foda!”
Pág. 26

E é isso, poderia colocar todas as frases do livro aqui como quotes pois cada uma tem sua particularidade, mas não teria graça. Em pesquisas na internet achei o livro por um ótimo preço. 

E fica a dica, espero que gostem e não deixem de comentar. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou do post?
Curta , comente e compartilhe!
Deixe seu link e eu retribuo!

Beijos e até a próxima!

Irinia Zachello