segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Tomar coca-cola com você - Frank O'hara

Bom dia!!!

Eu assisti o filme A Fera esses dias e pesquisando descobri que é um livro. Ah logicamente como pude duvidar a história é tão boa.
Mas decidi escrever sobre esse filme porque eu gostei da poesia, que o casal lê um para o outro no meio do filme.


 Sinopse do filme: Kyle (Alex Pettyfer) era um jovem bem sucedido e cobiçado pelas mulheres, que defendia que a aparência era tudo. Um dia, ao tentar humilhar Kendra (Mary-Kate Olsen), ela lhe lança um feitiço que o deixa com o rosto desfigurado. Envergonhado com o visual, ele se esconde e passa a viver isolado em um apartamento comprado pelo pai, tendo a companhia de sua empregada Zola (Lisa Gay Hamilton) e Will (Neil Patrick Harris), um professor cego contratado para lhe dar aulas particulares. A maldição tem o prazo de um ano, sendo que caso Kyle consiga fazer com que uma mulher consiga amá-lo pelo que ele é, não por sua aparência, ela será desfeita. Desiludido, Kyle volta a ter esperanças quando se aproxima de Lindy (Vanessa Hudgens), uma colega de colégio bem diferente das mulheres com quem conviveu até então.

 Sinopse do livro:  O livro de Alex Flinn é uma adaptação moderna do conto de fadas A Bela e a Fera. Em vez de castelos e relógios falantes, o cenário é a cidade de Nova York. A arrogância do protagonista Kyle Kingson, um jovem rico e inteligente, faz com que ele seja amaldiçoado pela colega de classe Kendra após humilhá-la na frente de toda a escola. Transformado numa aberração e rejeitado pelos pais, Kyle passará uma temporada exilado no Brooklyn, onde precisará descobrir a beleza em si e assim, possivelmente, quebrar a maldição.


Achei muito bonito o filme, mas também achei que mais da metade dele o Kyle age por interesse, como sempre. Porém o filme por ter um final feliz é sinal que ele aprendeu a lição. O amor nunca é feio. Esse é o Slogan do filme. Porém temos que ser sinceros sempre. 

E o que me fez escrever o post sobre esse filme foi a poesia que rola no filme, achei tão bonita e como passa pela metade quis ler ela inteira. E compartilhar aqui com vocês.

E vale comentar, que nos dias de hoje há muitas adaptações e ramificações para os contos de fadas de quando eramos crianças. Nem sempre vale a pena, Para mim o original vale mais. Acho que hoje talvez seja até falta de imaginação ficar criando tantas versões para histórias eternizadas. E são versões adultas. Como posso mostrar uma versão dessa para minha filha de 04 anos? E continuações da Cinderela, por exemplo, que tem a 02 e 03. Também não gostei, gostei um pouco do terceiro que a Madrasta se dá mal de vez. :-)

Voltando a poesia. Ela foi escrita por Frank O'Hara (1926 - 1966), um poeta de Baltimore. Era conhecido como o Poeta de Nova York. Fonte: Blog Poemargens




Tomar coca-cola com você


é ainda melhor que uma viagem a San Sebastian, Irun,Hendaye, Biarritz, Bayonne
ou que ficar enjoado na Travessera de Gracia em Barcelona
em parte porque nessa camisa laranja você parece um São Sebastião melhor e mais feliz
em parte porque eu gosto tanto de você, em parte porque você gosta tanto de iogurte
em parte por causa das tulipas laranja fluorescente contra a casca branca das árvores
em parte pelo segredo que nos vem ao sorriso perto de gente e de estatuária é difícil quando estou com você acreditar que existe alguma coisa tão parada
tão solene tão desagradável e definitiva como estatuária quando bem na frente delas na luz quente de Nova York às quatro da tarde nós estamos indo e vindo de um lado para o outro como a árvore respirando pelos olhos de seus nós e a exposição de retratos parece não ter nenhum rosto, só tinta
de repente você se surpreende que alguém tenha se dado ao trabalho de pintá-los
olho pra você e prefiro de longe olhar para você do que para todos os retratos do mundo exceto talvez às vezes o Cavaleiro Polonês que de qualquer maneira está no Frick
aonde graças a Deus você nunca foi de modo que eu posso ir junto com você a primeira vez e isso de você se mover tão bonito mais ou menos dá conta do Futurismo assim como em casa nunca penso no Nu Descendo a Escada ou num ensaio em algum desenho de Leonardo ou Michelangelo que costumava me deslumbrar e o que adianta aos Impressionistas tanta pesquisa quando eles nunca encontraram a pessoa certa para ficar perto de uma árvore quando o sol baixava ou por sinal Marino Marini que não escolheu o cavaleiro tão bem quanto o cavalo acho que eles todos deixaram de ter uma experiência maravilhosa que eu não vou desperdiçar por isso estou te contando.


Frank O'hara. 

16 comentários:

  1. Eu amo o filme e o livro... Tive curiosidade de ver a poesia mas nunca a matei, kkkk
    Muito legal!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Ouvi falar muito bem desse filme. Estou ansiosa para assisti-lo.
    Nao sabia que ele era baseado em um livro. Que legal!
    Beijos,

    Leticia
    www.odomdaescrita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Com essa poesia até eu me apaixonaria pelo filme. Estou ansiosa para assistir a esse incrível romance

    http://enfimshakespeare.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assista vc vai gostar, a poesia é linda mesmo!

      Beijos

      Excluir
  4. Eu adorei a historia desse filme *-*
    Já sabia que era um livro também, tenho vontade de ler.
    Essa poesia é linda né? e o momento em que ela aparece no filme também é tão perfeito :3

    Beijos ;*
    Pepper Lipstick

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, na estufa em que ele constrói para ela... É muito lindo mesmo.

      Beijos

      Excluir
  5. Eu amei esse filme já vi mais de duas vezes e acho muito lindo.
    Quero poder ler o livro e essa poesia então é tudo de bom né.

    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb já vi uma três. Eu achei muito bonita tb!

      Beijos querida.

      Excluir
  6. Olá acho o filme muito legal já assisti mais de uma vez pretendo ler o livro geralmente são melhores que os filmes né

    bjos

    ResponderExcluir
  7. Ainda não assisti esse filme, mas achei bem interessante! ^_^
    A poesia é linda!

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Já assisti mais de dez vezes, acho esse filme lindo! É o meu próximo livro da lista. A poesia é linda!!

    ResponderExcluir
  9. EU AMO ESSE FILME EU JA ASSISTI MILHÕES DE VEZES E EU SIMPLESMENTE O AMO ELE ME INSPIRA TODA VEZ QUE O ASSISTO O FILME O POEMA EU ESTOU TENTANDO ACHAR O LIVRO TAMBEM E EU ACABEI DE ASSISTIR ESSE FILME EU SIMPLESMENTE O AMO MUITO!!

    ResponderExcluir

Gostou do post?
Curta , comente e compartilhe!
Deixe seu link e eu retribuo!

Beijos e até a próxima!

Irinia Zachello