sábado, 17 de novembro de 2012

Diário de Bridget Jones - Helen Fielding

Bom dia!!!

Ontem eu vi o filme O Diário de Bridget Jones e eu já vi esse filme mais de 10 vezes e cada vez é uma sensação diferente. Resolvi escrever pois é um filme que gosto. Hoje irá passar O Diário de Bridget Jones: No limite da Razão. E esse eu nunca assisti pois eu não alugo filmes nem compro, assisto na TV mesmo, então vou assistir, espero que seja bom pois continuações geralmente são ruins, o primeiro é sempre melhor.

 Sinopse do Filme: Bridget Jones (Renée Zellweger) é uma mulher de 32 anos que, em pleno Ano Novo, decide que já está mais do que na hora do que tomar o controle de sua própria vida e também começar a escrever um diário. Com isso, Bridget começa a escrever o mais provocativo, erótico e histérico livro que já esteve na cabeceira de sua cama, onde ela poderá também colocar as suas opiniões sobre os mais diversos assuntos de sua nova vida.










O filme começa em uma festa de final de natal em que a mãe de Bridget, resolve apresentar ela ao Mark Darcy, um advogado conceituado, então ela acredita que talvez esse final de ano ela não passará sozinha. Após ouvir um monte de palavras desagradáveis de Mark desabafando com sua mãe sobre ela, então ali naquele momento ela sabe que não será diferente esse ano.

Então nesse ano ela resolve mudar sua vida. Bêbada, ao som de All By Myself, chego ao fundo do poço, sozinha sem mensagens na caixa postal, descobre que realmente tem que mudar tudo isso. Faz uma lista em seu diário, de tudo que tem que fazer, começa pelo peso e termina com uma lista de homens que não pode mais se envolver de modo algum.



Ela se envolve com seu chefe um tarado, sacana  que a troca por uma mulherzinha de Nova York e ai é que ela realmente se decide e toma o rumo da sua vida. Em vez de se deprimir e aceitar, procurar um novo emprego, da um belo tchau a Daniel e a editora e segue rumo a sua vida.

Ela encontra Mark várias outras vezes, tem que enfrentar um jantar cheio de casais ameaçadores questionando sua vida solteira. Um natal deprimido junto com o seu pai que ficou "solteiro" e com ajuda de sua mãe, que já voltou para seu pai, descobre realmente quem são os homens de sua vida, a verdadeira face.

Parecendo tarde demais, Mark está de partida para Nova York, e convidada por seus amigos resolve ir a Paris. Porque não ficar com pessoas que realmente gostam de nós? E então Mark aparece na porta de sua casa e a "convida" para entrar e ele a beija e ela realmente está feliz por isso. Mark se surpreende com o seu diário enquanto ela está no quarto, sai sem nem dizer uma palavra. Mas no final ele foi comprar somente um diário para um novo começo. 

Eu gostei muito da parte em que Mark Darcy  diz a Bridget que gosta realmente do jeito que ela é. É tão lindo não? Afinal é isso que procuramos alguém que nos aceite. A história da Bridget é cheia de humor e piadas que nos contam  a verdade de forma engraçada. Cheia de sinceridades, ás vezes um tanto cruéis. Mas necessárias. E não é que acontece por aí? Um monte de mulheres que se sentem mal amadas, que só atraem o cara errado, que comem sorvete no sofá em frente a TV em vez de valorizarem e acreditarem em si mesmas.

É um filme muito legal, espero em breve ler o livro, os dois por sinal. Mesmo que tenha assistido o filme antes. 



Bom isso é um breve resumo, sem os detalhes mais legais do filme. Espero que gostem.

7 comentários:

  1. O filme parece bem legal. E, caramba, me deu vontade de assistir agora, o fato de ter uma boa dose de humor me atrai, to querendo ri um pouco mais ultimamente! rs

    Ah, Concordo sobre a continuação, os primeiros tendem a ser melhor mesmo!

    Bjão!

    Isso é Interessante - http://mondarikc.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. olá Irinia!!
    O que é ser blogueiro(a)? Ainda existem pessoas que não reconhecem a importância deste trabalho . Apesar de parecer fácil ser blogueiro (a) leva-se tempo e requer muita paciência, não basta saber manipular um blog e ter uma boa escrita ou conteúdo para postar. O blogueiro deve entender o que está postando, estudar sobre o assunto, ter comprometimento com os leitores e autores citados, dedicação, ao seu blog e aos dos seus seguidores, dando vida , comentando, participando,ter ética e principalmente ter amor ao que faz.
    Quem conhece esta ferramenta virtual se apaixona , realiza este trabalho com carinho, mesmo tendo o tempo limitado, porque alem dos conhecimentos adquirido nesta diversidade cultural firma grades amizades
    Hoje comemoro com apenas sete meses de vida do blog, 500 seguidores. Já ultrapassamos e vamos aos 550 que é a meta para a final do sorteio e se Deus quiser outros virão se juntar a nós para valorizar este trabalho, que sozinha jamais conseguiria tanto sucesso.
    Como diz augusto Cury: “A vida é um grande espetáculo. Só não consegue homenageá-la quem nunca penetrou dentro de seu próprio ser e perceber como é fantástica a construção da sua inteligência”.
    De uma coisa tenho certeza, não tem idade para aprender quando queremos seguimos em frente e realizamos os nossos sonhos.
    Obrigada por fazer parte deste grupo de amigos, sua presença naquele cantinho é muito importante. Desejo muito sucesso na tua vida, e dos seus familiares e amigos e que Deus nunca nos abandone e que nos ame cada vez mais. Bjuss
    Abraços da amiga Lourdes Duarte
    http://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Parece um filme bem legal! Ultimamente não tenho visto filme nenhum, acho que esse é uma boa escolha pra voltar a ver ^^

    Só pra avisar, o gadget da página do face do laço tá "bugado". Acho que você trocou o link da página e aconteceu isso, ou sei lá o que aconteceu kkkkkk

    ResponderExcluir
  4. Já ouvi falar muito do livro. Inclusive já assisti o filme e gostei, mas tenho certeza que o filme não chega aos pés do livro.

    Um abraço.

    M&N.

    ResponderExcluir
  5. Amo tudo que envolva diários, seja filme ou livro, acho que é porque nunca consegui escrever um, rsrs
    Rafa
    Blog Melody
    http://rafaacarvalho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu amodoro esse livro/filme, apesar de ser uma literatura do tipo chicklit, é uma história leve, divertida, deliciosa de ser ler e ver. Acho que os atores escolhidos cairam como uma luva, e a adaptação para o cinema ficou muito legal, e isso ambos os filmes.
    É verdade que o 1º filme/livro, acho mais interessante, mas o segundo não fica muito atrás e parece que o terceiro vem por aí!
    abraços
    Melissa - http://decoisasporai.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Sou apaixonada pelos filmes e igual a você já vi muitas vezes. Li o livro e por incrível que pareça gostei mais do filme ,gosto de chick list mas estes realmente não me agradou ( tanto o 1º quanto ao 2º livro)

    ResponderExcluir

Gostou do post?
Curta , comente e compartilhe!
Deixe seu link e eu retribuo!

Beijos e até a próxima!

Irinia Zachello